A crise está se aprofundando. Está tudo ficando mais caro, já notou?

Pois é. Seu tempo e seu esforço também tem que passar a valer mais. Você tem que ser capaz de fazer mais com menos. Você precisa ficar mais produtivo! Isto pede que você reveja a forma como você gere seu trabalho e sua vida.

1. Você tem que ser mais eficaz. Cada ação sua tem que produzir resultado. Tem um amigo meu que fala que não adianta pescar onde não tem peixe. Adoro esta frase. Eficácia tem a ver com aproveitar todas as jogadas. Sem desespero, sem desleixo, sem retrabalho. Com foco e concentração. Faça valer.

2. Você tem que ser mais eficiente. Sua energia, seu dinheiro e seu tempo têm que ser gastos da melhor forma possível. Não desperdice nada. Deixe de fazer tudo que não tem um motivo para ser realizado. Traga cada ação para a consciência. Não se distraia. Não jogue para a torcida.

3. Você tem que ter uma estratégia. Sem um plano cuidadosamente pensado, você provavelmente vai sair do caminho e vai perder tempo voltando para ele. É claro que as circunstancias vão te desviar do caminho mesmo com um plano, mas é mais eficiente desta forma. Sem um plano, é mais sorte que juízo.

4. Você precisa ter uma boa estratégia. Para ter uma boa estratégia você precisa ter boas pessoas, bom método e boa informação. Boas pessoas para pensar, bom método para obter o melhor das pessoas e boa informação para ter certeza de que está em contato com a realidade. Peça ajuda!

5. Você precisa saber executar bem. Executar bem é difícil. Sem uma estratégia que sirva de alinhamento e sem um método disciplinado que garanta a cooperação entre as pessoas necessárias é mais difícil ainda.

6. Você precisa olhar os resultados de perto. Manter a energia alta e persistir. Mas ter agilidade para mudar quando perceber que a insistência não está adiantando.

7. Você precisa ter gente boa do seu lado. Ou você vai cansar… E perder o vigor e a clareza mental. Livre-se dos mal-humorados, dos pessimistas, dos chatos… Cuide do seu humor da mesma forma que cuida da sua conta bancária.

Ah! E não esqueça de inovar, de experimentar e fazer diferente. Um pouco de risco não faz mal a ninguém. Este é um excelente momento para se diferenciar, seja por custo ou por atributos superiores.

Por último, tenho insistido neste ponto, mas vou repetir: não tenha medo de crise! Anos difíceis são bons para quem é profissional. Você se diferencia naturalmente… E sai mais forte e mais valioso do outro lado. Vai com tudo!

Daniel Castello

Por Daniel Castello
Consultor e Palestrante nas áreas de Estratégia e Gestão de Pessoas. Articulista do Portal Endeavor e da Revista T&D Inteligência Corporativa. Começou a carreira na área de TI, fundando em 1989 a startup Iris do Brasil, vendida em 1997 para a ADP Systems. Foi Diretor Corporativo de RH da Gazeta Mercantil, Diretor de Tecnologia da ADP Brasil e Vice-Presidente Executivo da ABRH Nacional. Como consultor liderou dezenas de projetos de transformação, em empresas como Abbott, Syngenta, Gruppo Campari, Grupo Santander, Banco Mercedes-Benz, Mapfre Seguros, AON Affinity e Grupo Telefónica.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Assine nossa newsletter | ETALENT