A discussão em torno do respeito às diferenças entre os indivíduos chegou ao mundo corporativo. Os novos talentos do mercado não têm medo ou vergonha de assumir sua personalidade, experiência e posicionamento frente a questões importantes, fazendo com que a diversidade nas empresas seja um assunto inevitável.

Empresas que adotam a diversidade como parte da cultura corporativa garantem resultados positivos para os negócios e contribuem para a formação de uma sociedade mais empática, justa e respeitosa.

Acompanhe a leitura e entenda a importância em promover esse conceito, suas vantagens e como fazer isso. Confira!

A importância em promover a diversidade nas empresas

Não há dúvidas de que promover a diversidade nas empresas contribui para um ambiente de trabalho mais agradável.

A globalização e expansão das ferramentas tecnológicas permitem que os indivíduos de uma sociedade se expressem cada vez mais abertamente sobre diversos assuntos relacionados a suas crenças, convicções e experiências geradas por suas características pessoais, educação e estilo de vida.

Os novos talentos já trazem consigo essa característica. Empresas que não permitem a troca de experiências por meio da diversidade tendem a perder profissionais altamente capacitados.

Como isso pode ser feito

Trabalhar o multiculturalismo não é sinônimo de colocar certos grupos como prioridade nas contratações. Na realidade, a diversidade prega que as empresas considerem os conhecimentos, os comportamentos e as habilidades acima de qualquer outra escolha ou característica pessoal.

Entenda como isso por ser feito em 3 passos:

  • avaliando o quadro de colaboradores: faça uma reflexão sobre os profissionais contratados atualmente. Quantas mulheres ou negros estão em cargos de liderança? Preste atenção se os gestores permitem que os colaboradores sejam livres para conversar sobre determinados assuntos, ou se fazem piadas quando ouvem certos diálogos;
  • pensando na cultura organizacional: depois de observar os pontos acima, modifique o que vai contra a cultura da diversidade. Por exemplo, crie um processo seletivo interno voltado a um cargo de gestão em que apenas mulheres possam se candidatar;
  • inserindo ferramentas aos processos de recrutamento e seleção: recursos como o recrutamento às cegas – que avalia somente as experiências profissionais, formação e competências comportamentais no currículo, excluindo inclusive dados pessoais como sexo e número de filhos – devem ser adotados para um recrutamento mais justo e embasado apenas nas qualificações dos profissionais.

Vantagens para a atração de talentos

Quando a empresa adota o conceito de diversidade, ela acaba fortalecendo seus conceitos como marca empregadora. Os colaboradores sentem-se respeitados e isso acaba criando um senso de pertencimento, fazendo com que trabalhem mais motivados e entreguem resultados melhores.

Consequentemente, os profissionais que estão à procura de uma oportunidade de trabalho passam a desejar fazer parte desses ambientes. Ao atrair talentos cada vez mais qualificados e interessados em ingressar o quadro de colaboradores, os processos seletivos atingem outro patamar em qualidade e as equipes se tornam cada vez mais produtivas.

Promover a diversidade nas empresas é um fator de transformação. Invista nessa cultura, colha os resultados positivos e faça a sua parte na construção de um futuro em que o respeito prevaleça entre os indivíduos.

Quer saber mais sobre o assunto? Entenda a diferença entre diversidade e inclusão.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário: