Arquitetar equipes de alta performance é um primeiro passo para atingir resultados melhores que a média. Apenas com profissionais entusiasmados, competentes e alinhados, é possível crescer e destacar-se da concorrência.

No entanto, há uma grande dúvida: como criar verdadeiros times de trabalho? Existe uma série de táticas que podem ser usadas, como: estabelecer metas desafiadoras, investir em programas de treinamento e recompensar pelos resultados apresentados.

Sabemos da importância do assunto, por isso, elaboramos um artigo especial para você. Hoje, será possível entender como criar equipes de alta performance. Continue a leitura!

Contrate as pessoas certas

A construção de qualquer equipe começa no recrutamento e seleção, então é preciso “caprichar” no processo e garantir que verdadeiros talentos façam parte da empresa.

O ideal é não contratar um profissional apenas por seus conhecimentos e habilidades, ainda que sejam coisas importantes. Também é preciso considerar o comportamento desse profissional, isto é, suas competências comportamentais ao longo do expediente de trabalho.

Para isso, é preciso contar com uma plataforma de análise e gestão do comportamento. Dessa maneira, além de conhecer melhor os talentos, é possível desenvolvê-los.

Atue como um líder de alta performance

Muitas vezes, as ações de uma equipe são reflexos do seu líder. Logo, se ele atua sem entusiasmo, é muito difícil que o time entregue resultados fora da curva.

Nesse sentido, o líder deve buscar ser o exemplo diário e atuar com elevados padrões. Deve se comprometer com os resultados pessoalmente, abraçar os valores da empresa, respeitar os horários de entrada e saída, além de aprimorar-se continuamente.

Construa uma cultura de meritocracia

Reconhecer e recompensar os profissionais por suas entregas, não pelo grau de afinidade: esse é o cerne da cultura de meritocracia. Na atualidade, também é um dos fatores que mais engajam os talentos.

Por isso estabeleça metas inteligentes e recompensas – em nível de salário, premiações e carreira – que sejam desejadas. Não recompense um profissional pela proximidade ou afinidade, afinal, isso não garante o crescimento da organização, muito pelo contrário.

Estabeleça metas desafiadoras

Não basta apenas ter metas, elas precisam ser desafiadoras. Na atualidade, há muitas empresas que têm metas de pouco impacto, que não modificam o status quo do negócio e nem levam seus talentos ao crescimento.

Portanto, crie metas que sejam realistas, de acordo com a atual realidade da empresa, mas que também impulsionem os profissionais ao crescimento e melhoria. Nesse sentido, um dos padrões mais conhecidos é o SMART: um acrônimo de 5 palavras do inglês.

Invista no treinamento e desenvolvimento

A capacitação dos profissionais é a base para a alta performance. Sem isso, é muito difícil que um profissional, ou equipe, realize as tarefas adequadamente – sempre existirão “pontas soltas” que precisam ser reparadas.

Então invista em programas de treinamento e desenvolvimento, sejam eles abertos ou In Company – desde que sejam realizados por instrutores qualificados. Assim, todos os profissionais poderão crescer, atuar com maior alinhamento e entregar os resultados demandados.

Essas são as principais dicas! Ao aplicá-las, será possível criar equipes de alta performance e potencializar os resultados da empresa. No final, todo o negócio será beneficiado: tornando-se mais próspero, lucrativo e atraente no mercado.

Gostou do conteúdo? Aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais. Vamos lá!

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Assine nossa newsletter | ETALENT