Entenda por que determinar tarefas considerando os talentos de cada um pode manter o time muito mais feliz e engajado

Muito mais do que uma habilidade, o talento é a característica de cada ser humano que pode proporcionar um conhecimento comportamental profundo sobre si, ou sobre o outro. Quando uma pessoa identifica o seu verdadeiro talento, ela pode promover mudanças em suas características pessoais para ter mais chances de sucesso na carreira.

A partir do conhecimento profundo sobre o comportamento e o talento de cada membro da equipe, o líder pode extrair o melhor de seus liderados, e assim incentivá-los a desenvolverem atitudes de alta performance, que possibilitam a entrega dos resultados tão esperados pelas organizações. “Se não entendermos como é a dinâmica da pessoa, o que a motiva, o que a inibe, o que a energiza, como poderemos extrair o melhor dela e ainda fazer com que ela desfrute de suas atividades com prazer e autoestima decorrentes da performance?”, indaga o consultor master da ETALENT, Sidney Frattini.

quadrinhos-comportamento-lider

Mapa de talentos no Brasil

Para identificar um talento, deve-se ir muito além da observação das habilidades de cada subordinado. A ETALENT mapeou os 36 talentos predominantes entre os brasileiros e disponibilizou a plataforma MyEtalent com um inventário comportamental online em que as pessoas podem realmente descobrir seus principais talentos. É através desse resultado que o líder pode se basear para ser mais assertivo na relação com a equipe.

“Se você entender o perfil comportamental de seu liderado, tudo melhora: como se comunicar melhor com ele, como dizer a palavra certa na hora certa. Afinal, ‘comunicação não é o que você diz, é o que os outros entendem'”, ressalta Frattini, citando a frase de David Ogilvy, fundador da Ogilvy&Mather.

Na opinião do consultor, é importante obter uma linguagem comportamental objetiva que evidencie o talento de cada um. “O líder deve sempre ter informações sobre o perfil comportamental do liderado, conhecer os pontos a serem melhorados e saber como o liderado quer ser gerenciado”, diz.

Talentos da liderança brasileira

O líder também precisa conhecer o seu próprio talento para proporcionar aos liderados um gerenciamento eficiente e assim melhorar o desempenho de seu time. No Brasil, de acordo com a pesquisa ‘Talentos da Liderança Nacional‘, o talento predominante dos gestores é o Observador (18,49%). Eles são equilibrados, perfeccionistas e se tornam o melhor parceiro por terem a capacidade de entender as pessoas. O segundo talento predominante na pesquisa é o Influenciador (14,62%). Estes, são líderes mais relacionais e costumam dialogar com a equipe a fim de gerar harmonia e conciliação, privilegiando soluções que não afetem as pessoas.

Para aproveitar de maneira mais profunda todas as informações apresentadas sobre os talentos e aperfeiçoá-los tornando-os mais atraentes para o mercado, tanto o líder quanto a equipe podem avançar para o programa Personal Change, que permite a construção de um plano de desenvolvimento individual e leva os usuários a terem um entendimento mais claro sobre o futuro.

“Liderança é, antes de tudo, uma questão comportamental, não apenas conhecendo e usando seu próprio estilo, mas discernindo o estilo de cada um”, conclui o consultor.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Assine nossa newsletter | ETALENT