Guia Completo Metodologia DISC

As empresas têm exigido que os colaboradores demonstrem suas competências técnicas e comportamentais para que realizem um trabalho qualificado e alinhado à cultura organizacional. No entanto, esse tema ainda causa um pouco de confusão porque as pessoas não conhecem suas características e nem como devem ser avaliadas.

Desse modo, o profissional de RH precisa dominar esse conhecimento para perceber tais competências nos candidatos à vaga ou nos colaboradores que já atuam na organização. Sendo assim, conheça a seguir cada uma delas e quais são as mais solicitadas no mercado. Boa leitura!

Conheça as características das competências técnicas e comportamentais

Inicialmente, é preciso entender que competências são habilidades, capacidades e aptidões de um profissional para realizar uma ou mais tarefas. Contudo, não existe um ser humano perfeito que detenha todas as características. Assim, destaca-se aquele que consegue desenvolver o que o mercado está procurando.

Nesse sentido, as competências podem ser divididas em técnicas e comportamentais. Entende-se por técnicas aquelas adquiridas com a formação escolar e acadêmica, como faculdade, cursos, treinamentos, palestras, congressos, entre outras fontes de informação.

Já as comportamentais partem do princípio do autoconhecimento, das ações de desenvolvimento pessoal, dos reconhecimentos dos pontos positivos, da habilidade de negociação, comunicação, pontualidade etc.

No entanto, como avaliar isso em um candidato ou funcionário? Existem diversos mecanismos de análises para identificar as competências, por exemplo:

  • avaliação do perfil comportamental, que pode ser feita pelo método DISC;
  • jogos e dinâmicas em grupo com os candidatos ou funcionários;
  • entrevista com o profissional que demonstra ser líder;
  • provas de proficiência de inglês, português etc.

O indicado é que o profissional de RH deva utilizar vários métodos para avaliar as competências dos talentos em uma empresa. Logo, ele otimizará a estratégia de gestão de pessoas, para que possa contratar colaboradores qualificados e, assim, garantir o desenvolvimento da equipe. Inclusive, também serão reduzidos a margem de erros na contratação e o custo excessivo da escolha equivocada.

Saiba quais são as competências comportamentais e técnicas exigidas pelo mercado

Para ter um melhor entendimento a respeito do assunto, vale conferir adiante as principais habilidades que você deve priorizar em um candidato ou colaborador. Acompanhe!

Agilidade na tomada de decisão

Quando as oportunidades surgem, o profissional precisa estar preparado para decidir o seu rumo, sabendo que assumirá riscos. Inclusive, pode haver perda do momento perfeito para investir em inovação ou concretizar grandes contratos.

Espírito empreendedor

Mudanças sempre geram novidades, por isso, quem tem a competência empreendedora é um profissional mais criativos, que enxerga novos mercados mesmo naqueles que estão passando por dificuldades.

Orientação para custos

Profissionais que buscam resultados também são controladores de custos, visto que as receitas sofrem flutuações dentro das empresas, principalmente naquelas que têm orçamento com base zero.

Comprometimento e engajamento

O comprometimento com a empresa não pode vir de uma obrigação, assim como o engajamento. Eles devem ser espontâneos, pois o engajamento está ligado ao autoconhecimento devido às escolhas feitas oriundas dos valores e dos objetivos da pessoa.

Já o comprometimento surge conforme os interesses do profissional. Desse modo, ele saberá optar pela profissão e pela empresa que deseja trabalhar e que esteja alinhada com sua visão. Muitas vezes há colaboradores que se destacam pelo comprometimento em relação aos que detêm maior conhecimento.

Trabalho em equipe

A comunicação tem grande influência no trabalho em equipe, mas é necessário também ter empatia para entender a dor do outro e ajudar a encontrar uma solução para o problema dele. E esse é o objetivo do trabalho em grupo. A pessoa que foca somente na sua atividade é individualista e terá dificuldade de permanecer no mercado de hoje.

Planejamento

As pessoas que não têm planejamento em sua vida, geralmente, tendem ao fracasso. Assim, dentro de uma empresa é preciso saber lidar com metas, prazos e resultados. Por isso, o planejamento e a organização são características tão relevantes. Logo, eles ajudam a ter uma visão global e objetiva dos resultados, a otimizar o tempo e a lidar com imprevistos.

Sendo assim, saiba que as plataformas de gestão de comportamento podem ajudar você a encontrar profissionais com essas competências técnicas e comportamentais – ambas baseadas no que cada membro da equipe tem a oferecer e no que é exigido para a execução das tarefas.

Quer conhecer mais sobre a nossa plataforma de gestão de comportamento? Entre em contato, que daremos todas as explicações necessárias.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário: