Incorporar a tecnologia no processo seletivo é uma das principais tendências do RH de hoje. Afinal, as novas plataformas de gestão trouxeram mudanças positivas para as práticas e atividades do setor. Por isso, o objetivo do texto de hoje é justamente apresentar os principais benefícios das novas soluções digitais.

Veja a seguir 4 vantagens de aplicar a tecnologia no processo seletivo e descubra como recrutar de maneira mais eficiente!

1. Reduzir a carga de trabalho

À medida que as soluções digitais evoluem, cada vez mais as atividades e rotinas são automatizadas, liberando os profissionais para agir em questões que demandem avaliação e consideração humana.

Por exemplo, uma plataforma de gestão é capaz de centralizar e cruzar os dados de um processo seletivo, criando demonstrativos de desempenho e características dos candidatos. O que, em outros tempos, demandaria uma mão de obra gigantesca da equipe de RH.

Logo, a primeira grande vantagem de aplicar a tecnologia no processo seletivo é a redução da carga de trabalho dos profissionais de RH, por meio da eliminação de tarefas.

2. Otimizar o tempo

Certas tarefas, como cálculos estatísticos, formatação de documentos, pesquisa de arquivos e afins, consomem uma grande parcela do tempo disponível quando são realizadas por seres humanos.

Por isso, existe uma forte tendência de automatizar rotinas, inclusive durante um processo seletivo. E, assim, tornar os procedimentos mais ágeis, otimizando o tempo da equipe em múltiplas frentes.

Ora, basta imaginar a quantidade de tempo economizado quando as informações de um candidato estão organizadas no banco de dados de uma plataforma de gestão.

3. Reduzir custos

A tecnologia no processo seletivo pode contribuir também para redução de custos, especialmente por causa de três características:

  • corte de gastos: economias em áreas como horas-extras, serviços de terceiros, retrabalho, prejuízos em virtude de erros e todas as tarefas substituídas pelo uso da solução de informática;
  • escalabilidade: a tecnologia permanece com os custos estáveis, ainda que diante de processos seletivos mais amplos do que o habitual;
  • reaproveitamento do investimento: a tecnologia não se desgasta ou é consumida pelo uso.

Com efeito, podemos afirmar que a tecnologia é um investimento que se paga por meio da diminuição de despesas.

4. Dar eficiência à gestão de processos

Por meio de plataformas online, podemos reunir e visualizar todas as informações do recrutamento, bem como dar o devido andamento em cada uma de suas etapas.

Sua primeira vantagem é o acesso a essas informações. Os dados de um processo são compartilhados e alimentados por todos os profissionais envolvidos em um projeto.

Outra vantagem é a própria maneira como tais informações são exibidas com o uso de gráficos, quadros e imagens exemplificativas, que facilitam o entendimento do processo.

Por fim, temos o fato dos procedimentos e rotinas digitais se tornarem menos burocráticos, uma vez que todas as autorizações de acesso são previamente concedidas.

Sendo assim, usar a tecnologia no processo seletivo pode facilitar a gestão, tornando-a mais eficiente e contribuindo para o sucesso do recrutamento.

Caso você queira mais informações sobre as plataformas digitais de RH e conhecer uma opção capaz de atender às suas demandas, entre em contato com a nossa equipe.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Assine nossa newsletter | ETALENT