Em um universo de interações humanas, é uma ilusão acreditar na existência de um indivíduo capaz de reunir, sozinho, todos os comportamentos e habilidades necessárias. Essa crença, além de ingênua, ignora a riqueza e a complexidade das relações interpessoais e da dinâmica social.

Reconhecer aqueles que nos alavancam e nos complementam é um passo crucial para o crescimento. Ao identificar nossas limitações e compreender que ninguém é autossuficiente, abrimos espaço para a colaboração e para o desenvolvimento de parcerias genuínas. Essa conscientização não apenas nos engrandece, como também nos permite acessar novas oportunidades que, antes, poderiam passar despercebidas.

O processo de aceitar ajuda e de valorizar as contribuições alheias transforma o ambiente ao nosso redor. As trocas de conhecimento e experiências nos impulsionam a aprender continuamente, fomentando um ciclo de crescimento pessoal e profissional. Assim, fica evidente o entendimento de que a produtividade não é uma consequência isolada, mas o resultado de um esforço coletivo e harmonioso.

Portanto, ao abraçarmos a diversidade de habilidades e reconhecermos o valor do outro, nos tornamos mais produtivos, mais completos e realizados.

A grandeza não está na tentativa de ser tudo para todos, mas em saber quando e como contar com os outros, celebrando as complementaridades que nos tornam humanos e nos impulsionam para além do que poderíamos alcançar sozinhos.

Sabendo dessa necessidade de autoconhecimento, a ETALENT criou o Perfil Interativo do Talento, uma análise comportamental completa que auxilia o indivíduo a se conhecer profundamente, tornando-o capaz de identificar quem o alavanca e quem o complementa


Jorge Matos

Presidente da ETALENT, empresa de tecnologia especializada na gestão da mudança pessoal e educação do comportamento. Formado em Administração e Mestre em Gestão de Negócios pelo ISCTE, foi professor da FGV e é autor dos livros Talento para a Vida e Talento Brasileiro.

Todos os posts do autor