Você já parou para analisar a relação entre a entrada e saída de funcionários da sua empresa em um determinado período? Esse indicador organizacional se chama turnover e afeta negativamente muitos empreendimentos.

Um dos maiores problemas dessa rotatividade está associado ao custo gerado. Quando a empresa começa a ter altos gastos com o turnover, ela deixa de investir em melhorias para arcar com esses prejuízos.

Mas, afinal, que prejuízos são esses? De que forma eles afetam a receita? Continue a leitura para descobrir!

Custos com Recrutamento e Seleção

A partir do momento em que um funcionário é desligado, é preciso agir rapidamente para não correr o risco de afetar a operação do empreendimento. O problema é que o alto turnover faz com que a opção por recrutamento interno se torne quase impossível.

Sendo assim, a saída é ir para o mercado encontrar um profissional capacitado. Mas os gastos com essa ação são muitos: contratação de um recrutador, investimento em uma plataforma de divulgação, telefonemas etc.

É preciso ter muita atenção nessa etapa, pois, na maioria das vezes, os problemas de rotatividade estão associados a uma contratação feita errada. Aperfeiçoar o processo de seleção de pessoas é fundamental para diminuir o turnover.

Dispêndio com treinamento

Após a inserção de um novo colaborador na equipe, o próximo passo é torná-lo capaz de desenvolver suas atividades dentro dos padrões da empresa e respeitando os procedimentos de segurança internos.

É importante que você faça um cálculo do valor destinado ao material para treinamento, contratação de um capacitador e, ainda, mensurar quanto sua empresa está deixando de ganhar enquanto o novo integrante não está operando dentro do nível ideal.

Outro ponto a se destacar é o conhecimento que vai embora quando um funcionário é desligado. Todo o investimento feito em treinamento para que ele se tornasse um bom empregado agora será aproveitado pela sua concorrência.

Gasto com exames

Toda empresa precisa, obrigatoriamente, arcar com os exames admissional, periódico e demissional de um colaborador, independentemente se o desligamento ocorrer por opção da organização ou do empregado.

Quando a empresa se omite disso, o prejuízo é ainda maior, pois pode acarretar processos e multas trabalhistas. Por isso, é essencial que os documentos dos colaboradores estejam sempre em dia para não correr o risco de confusão.

Esse é um tipo de custo que deve ser evitado de qualquer forma. Por mais que não represente um valor muito alto, a soma desses exames, no fim do mês, pode contribuir para o caixa fechar no vermelho.

Despesas com integração

Hoje em dia, é muito comum encontrar empresas que investem em integração de funcionários desde o primeiro dia de trabalho. Sabe por que? Porque é essa ação que vai contribuir para a redução da rotatividade.

Entretanto, alguns gastos surgem com essa ação: dia de trabalho perdido do gestor e do novo empregado, kit de boas vindas, coffee break e outros.

Viu como o turnover prejudica o crescimento da sua organização? Se você quer saber de que forma a rotatividade está afetando o seu negócio, você pode utilizar a Calculadora ETALENT.

Quer ficar por dentro de mais conteúdos como este? Siga-nos nas redes sociais – Facebook, LinkedIn, Twitter, Instagram e YouTube! Manter-se atualizado é essencial para reduzir a taxa de turnover e contribuir para o crescimento contínuo do seu negócio!

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Como encontrar o melhor candidato para sua vaga | Ebook Grátis