Todo mundo já cometeu algum erro na vida. Se você conhece alguém que se gaba de errar pouco, pode ter certeza de que essa pessoa também arrisca pouco. Afinal, aquela velha frase já diz tudo: “É errando que se aprende”. E para que você possa extrair o melhor dos seus deslizes, separamos algumas dicas:

Investigue o que saiu do eixo

Investigue!

Errar faz parte, mas cometer o mesmo erro mais de uma vez é indício de descaso. Por isso, investigue o que aconteceu e procure entender o que você deve fazer para que não ocorra novamente.

Não tente achar culpados

Não tente achar culpados

Muita gente tenta justificar seus próprios deslizes a partir dos erros dos demais. O primeiro passo para repensar sobre o que você fez e buscar melhorar é assumindo os próprios atos. Os outros falharam também? Ok, eles que aprendam com os erros deles.

Coloque a resiliência em ação

Seja resiliente

Sabe aquele boneco “João Bobo”, que você chuta e ele volta pro lugar? No fundo tem todo um ensinamento por trás dele, o da resiliência. Lidar com uma situação não esperada e encontrar uma solução que mantenha a estabilidade é essencial para o seu desenvolvimento.

Aprenda com o erro dos outros

Aprenda com os erros

Você não precisa cometer todos os erros do mundo para saber o jeito certo de fazer. A experiência alheia pode trazer muitos benefícios. É claro que as pessoas e as situações diferem sempre, mas saiba filtrar o que serve ou não para você e tire proveito disso.

Com essas dicas, esperamos deixá-lo pronto para errar de novo e continuar crescendo.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Como encontrar o melhor candidato para sua vaga | Ebook Grátis