“Filho, arruma o seu quarto!”. Quem nunca ouviu essa frase que atire a primeira pedra. Assim como muita gente já deu (ou levou) bronca porque alguém não lavou a louça, deixou o sapato na sala, não arrumou o armário…

Só que aí depois de fazer de tudo para deixar o ambiente em casa bem organizado e até brigar por isso, a mesma pessoa chega no trabalho e se depara com uma mesa que tem uma pilha de papéis, uns dez bibelôs, vinte post-its grudados no monitor, um porta-canetas que só deve ter umas duas funcionando – dentre as milhares -, e acha tudo isso muito normal. Pior, acha um porre quando chega a equipe responsável pela implantação do 5S – programa de organização, limpeza e saúde do ambiente de trabalho: “Ai, lá vêm aqueles chatos”, exatamente como o filho pensa quando os pais o mandam arrumar o quarto, lavar a louça, não deixar sapato na sala.

E é aí que entra a pergunta que não quer calar: “Se a casa precisa estar limpa e organizada para que a pessoa se sinta melhor, por que no ambiente de trabalho seria diferente?”. Acredite, o simples fato de ter uma mesa arrumada pode diminuir o estresse, aumentar a produtividade, reduzir a ansiedade e, claro, melhorar a sua imagem, porque a mesa diz muito sobre você.

Por isso, separamos algumas dicas para ajudar a manter tudo em ordem:

1 – Descarte o que não será mais utilizado
Sabe aquele papel cheio de anotações da reunião que aconteceu no ano passado e cujo tema já nem se fala mais na empresa? Lixo!
E o post-it lembrando a consulta médica que já até aconteceu? Lixo! – aliás, que tal uma agenda para não deixar o seu monitor em clima de Carnaval o ano todo?
Aquele documento que você imprimiu só para fazer anotações e nem lembra mais? Lixo!
Enfim, tudo que ficou por ali só marcando presença e você não utiliza ou já existe em meio eletrônico, descarte.

2 – Utilize a gaveta
Mantenha em cima da mesa somente o necessário para exercer sua atual tarefa. O resto, deixe na gaveta. Fica muito mais fácil de achar o que realmente é essencial. E, afinal, gaveta é para isso mesmo, não é?

3 – Cuidado com os bibelôs
Ok, muita gente se sente melhor ao colocar sobre a mesa algo que lembre o filho, a família, o cachorro, etc. Mas nem por isso precisa levar a coleção dos bonecos da Marvel, lembranças de todas as viagens que já fez, o porta-retrato de cada ente querido. Sua casa é sua casa e seu trabalho é seu trabalho. Maneire.

4 – Deixe o seu porta-canetas mais clean
Ninguém consegue escrever com as duas mãos ao mesmo tempo, então por que manter milhares de canetas na sua mesa? Uma azul, uma vermelha e uma preta já suprem as necessidades de escrita de qualquer pessoa.

5 – Evite farelos
O ideal é nunca comer em cima do teclado, mas, às vezes, na correria do dia a dia, o lanchinho entre as refeições tem que ser feito ali mesmo, vapt-vupt. Nesse caso, forre a mesa com papel e limpe-a depois de utilizá-la para evitar baratas, formigas ou qualquer visitante indesejado.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Assine nossa newsletter | ETALENT