Muito provavelmente você já ouviu falar na gamificação. A ideia geral é utilizar mecanismos de jogos para incentivar uma pessoa a fazer algo. Já no caso da gamificação na educação corporativa, significa motivar os funcionários a desenvolverem diversas habilidades e comportamentos dentro da empresa em que trabalham.

Por meio de dinâmicas e jogos há a possibilidade de engajar e motivar as pessoas, diminuir conflitos, desenvolver o espírito competitivo, melhorar o seu aprendizado e desenvolver a inteligência emocional. Os jogos são desenvolvidos de acordo com as necessidades da empresa.

Por exemplo, se a principal dificuldade é desenvolver o espírito de equipe, os jogos podem, facilmente, ser voltados para esse objetivo e resolverem essa situação.

Por isso, a gamificação tem se tornado um diferencial para a educação corporativa. Quer saber os motivos dessa prática fazer tanto sucesso? Venha conosco!

Motiva o desenvolvimento profissional assertivo

Estimular o conhecimento dos funcionários é importante para que eles tragam novas ideias para a empresa e apresentem soluções para os problemas. Além disso, muitas pessoas possuem dificuldade em manter o foco e a concentração durante a sua rotina.

Assim, a gamificação na educação corporativa ajuda a desenvolver o profissional assertivo por meio de atividades que envolvam raciocínio, memorização e criatividade.

Favorece o desenvolvimento de habilidades, comportamentos e competências

Outro aspecto muito importante dentro das empresas é que os funcionários possam desenvolver as suas habilidades, competências e comportamentos. Somente assim há a certeza de que eles podem crescer dentro da organização. Dessa maneira, eles se sentem motivados para continuar trabalhando de maneira satisfatória.

Sendo assim, a gamificação promove o desenvolvimento pessoal, uma vez que tanto no mundo virtual quanto no real as pessoas gostam de ganhar e ser recompensadas por isso.

Com a gamificação é possível criar metas para que os funcionários executem as suas tarefas de maneira mais rápida. Isso porque são utilizadas técnicas para que eles enfrentem desafios e conquistem seus objetivos.

Para estimular os jogos, promova um encontro de integração ao final do mês com os funcionários e apresente quem mais se destacou de acordo com o desenvolvimento de habilidades. Por exemplo:

  • o mais rápido;
  • o mais estratégico;
  • o mais qualificado;
  • o mais solidário;
  • o mais eficiente;
  • o mais divertido;
  • o que cumpriu todas as metas.

Desenvolve o senso de competitividade

É natural do ser humano já vir com o “software” de competição instalado. Isso porque as pessoas precisam da superação para motivar as suas atitudes. A gamificação ajuda no desenvolvimento do senso de competitividade, pois é necessário driblar desafios e controlar a impulsividade para conquistar o prêmio, no mundo virtual.

Podem-se criar estágios nos jogos para que os funcionários ganhem certificados conforme forem passando de fase e, ao final do mês, os mais engajados ganham um bônus.

A gamificação na educação corporativa é uma tendência que está se tornando um grande sucesso dentro das organizações. Isso porque ela desenvolve habilidades e soluciona problemas que no dia a dia corporativo são difíceis de resolver.

Com este post apresentamos alguns motivos para você investir na tendência da gamificação na educação corporativa. Aproveite para nos seguir nas redes sociais e ver mais dicas como essa! Estamos presentes no Facebook, YouTube, LinkedIn, Instagram e Twitter.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Assine nossa newsletter | ETALENT