Você já ouviu falar na 4ª Revolução Industrial? Ela é basicamente a convergência de tecnologias digitais, físicas e biológicas.

As transformações na tecnologia estão impactando todos os dias em como somos, como nos relacionamos, o mercado de trabalho, o futuro do trabalho e desigualdade de renda. Suas consequências vão trazer impactos até mesmo no que é considerado ético e na segurança geopolítica.

Segundo Klaus Schwab “estamos a bordo de uma revolução tecnológica que transformará fundamentalmente a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. Em sua escala, alcance e complexidade, a transformação será diferente de qualquer coisa que o ser humano tenha experimentado antes.

Sabendo que já estamos vivenciando a 4ª Revolução Industrial e a Era Pós Digital, devemos refletir o que diferenciará a inteligência humana da inteligência artificial e quais serão as habilidades do futuro. Para isso, é preciso quebrar os paradigmas, mudar o mindset e nos ajustar a uma nova realidade.

Reuven Feurstein escreveu a Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural, onde afirma que a nossa estrutura cognitiva sempre pode ser modificada. A modificabilidade cognitiva estrutural está ligada a capacidade que o ser humano tem de produzir e modificar seus conhecimentos frente às necessidades de adaptação ao meio.

Por isso, é muito importante que você pense no autodesenvolvimento como um compromisso extremamente importante e construa um futuro estimulante e positivo.

Pensando nisso, pesquisamos uma lista com as 5 Habilidades Diferenciais do Futuro:

1. Criatividade

Capacidade para resolver quaisquer tipos de problemas e construir soluções saindo do óbvio, abrindo novos caminhos.

Criatividade é a aplicação prática da imaginação, ou seja, é a capacidade de criar imagens, cenários, objetos e situações aplicada a resolução de problemas práticos.

Qualquer ser humano é capaz de imaginar, independente de qualquer coisa. Por isso, pense fora da caixa, mude seu mindset!

Imagine uma combinação nunca antes feita para resolver seus desafios. Pense com o olhar de uma criança, seja curioso, questionador e tenha sede em aprender.

2. Habilidade Interpessoal

É a capacidade de entender e reagir corretamente frente aos desejos, humores temperamentos, ideias, valores, interesses e motivações de outras pessoas, ou seja, está diretamente ligado à empatia.

Para desenvolver essa característica comece pelo autoconhecimento, entenda quais são as suas principais características, assim ficará mais fácil entender e reagir ao outro.

3. Habilidade Intrapessoal

É a capacidade do indivíduo de identificar as próprias emoções e sentimentos, ou seja, é o autoconhecimento, autocontrole, gestão das emoções, resiliência, adaptação utilizando essas características favoravelmente.

Procure um bom profissional para fazer terapia, coaching e/ou meditação, eles ajudarão você a desenvolver essa característica.

4. Habilidade Interartificial

É estar atualizado, entender a linguagem, as potencialidades das tecnologias exponenciais. Inclua isso para dar soluções aos seus desafios e construir novas soluções. Leia mais sobre as novas tecnologias exponenciais, inteligência artificial, robótica.

Você não precisa se especializar em robótica, mas entender sobre este tipo de assunto fará com que esteja mais antenado a possíveis soluções para sua vida.

5. Habilidade Aprendedora – Educadora

É a alta capacidade de aprender e desenvolver novos métodos de aprendizagem e educar, desenvolver e ensinar qualquer tipo de pessoa. Tudo que fazemos gera impacto em alguém e, consequentemente, ensinamos através de nossos atos.

Para essa habilidade você deve ter humildade, boa escuta e percepção para conseguir expressar a comunicação de forma que todos entendam, inclusive na resolução de problemas, motivar e inspirar pessoas a seguirem boas práticas.

Claro que essas habilidades não são as únicas que um profissional deverá desenvolver, mas essas talvez sejam as únicas que a máquina não conseguirá copiar do ser humano.

Note que elas são referentes a características ligadas intimamente ao campo das emoções, buscar se autoconhecer é o primeiro passo para desenvolver qualquer uma delas.

Gostou do texto? Então comente e me diga que outras habilidades você considera muito importante na 4ª Revolução Industrial.

Compartilhe com seus amigos:

Deixe seu comentário: