Há diversos benefícios em reter talentos na empresa, por exemplo, o aumento da competitividade do negócio e a redução de custos com o processo de demissão. Entretanto, manter profissionais no quadro de trabalho é um desafio cada vez maior.

Os bons profissionais estão sempre querendo encontrar e “encarar” novos desafios, e se a empresa não for capaz de proporcionar isso a eles, dificilmente conseguirá mantê-los. Além disso, precisam de um propósito maior e que dê sentido ao que é feito.

Neste artigo, reunimos uma série de informações sobre o assunto e dicas de como reter talentos em sua empresa. Por isso, continue a leitura e fique por dentro do tema. Boa leitura!

1. Conheça o perfil comportamental dos colaboradores

Uma das mais importantes dicas é conhecer o perfil comportamental dos funcionários, assim poderá tratá-los com a singularidade que merecem. Nem todos apresentam as mesmas necessidades e motivam-se com os mesmos estímulos.

Uma das ferramentas mais utilizadas para isso é a metodologia DISC, que analisa quatro fatores comportamentais: dominância, influência, estabilidade e conformidade. Assim, ela possibilita entender melhor quem é o colaborador e o que o motiva, por exemplo.

2. Gere um propósito maior para reter talentos

Se antes a ideia do lucro como objetivo final era comum, hoje causa muita estranheza aos jovens talentos. A verdade é que o foco excessivo no lucro acaba por gerar o não lucro, pois desgasta relações e afasta os maiores talentos. Então, tenha um propósito!

Segundo pesquisa da PwC, funcionários que têm uma conexão forte com o propósito do seu empregador são até 5,2 vezes mais propensos a permanecer na empresa. Desse modo, conseguirá manter os melhores profissionais em longo prazo.

3. Proporcione crescimento na empresa

Mais importante do que ganhar dinheiro em uma função é construir uma carreira na empresa. Os talentos querem escalar cargos, encarar novos desafios e crescer cada vez mais. Quando não veem essa oportunidade, muitos abandonam a empresa.

Para tanto, uma das medidas mais úteis ainda é o plano de carreira – um documento que descreve os cargos que podem ser alcançados por profissional na empresa, desde que tenham certo tempo de “casa”, alcancem metas específicas e desenvolvam novas habilidades. Assim, empregado e empregador saem beneficiados.

4. Estabeleça uma comunicação eficaz

O diálogo é um dos elementos mais importantes para manter o bom clima de trabalho e evitar a evasão de profissionais acima da média. Quando não há diálogo, no entanto, os erros são frequentes e a qualidade com que tudo é feito é menor.

Nesse sentido, o líder deve se preocupar em estabelecer um diálogo claro e eficaz com seus subordinados, cascateando as informações certas e tornando-se mais acessível ao time. Como resultado, terá maior engajamento das equipes.

5. Estabeleça metas reais e alcançáveis

Boas metas funcionam como uma bússola e ajudam no direcionamento da empresa e dos profissionais, indicando o caminho certo a ser seguido. Contudo, metas complexas e impossíveis de serem atingidas têm efeito oposto, desmotivando a todos.

Para criar boas metas e reter talentos, o primeiro passo é construí-las com base em dados reais – assim, elas podem ser desafiadoras sem tornarem-se impossíveis de alcançar. Além disso, torna-se possível arquitetá-las de maneira quantitativa.

Agora você está por dentro do assunto e entende os segredos para reter talentos em sua empresa, certo?

Aproveite para colocar nossas dicas em prática, criar um propósito grandioso, proporcionar crescimento, estabelecer uma comunicação clara, metas realistas e analisar o perfil comportamental da equipe de trabalho.

Aproveite, também, para continuar aprendendo. Leia nosso outro artigo e saiba por que investir no treinamento e desenvolvimento da sua equipe. Vamos lá!

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Como encontrar o melhor candidato para sua vaga | Ebook Grátis