Guia Completo Metodologia DISC

Proatividade, liderança e organização: essas são apenas algumas das competências em alta no mercado. Mas você sabe qual o perfil de profissional que, com certeza, vai entregar os melhores resultados para a sua empresa? Realmente existe um perfil ideal de colaborador, independente do negócio ou do cargo assumido?

A resposta para essa pergunta é muito simples: não, um perfil ideal de profissional não existe. No entanto, é preciso desconstruir alguns mitos para que você crie um processo seletivo de qualidade e encontre talentos que vão agregar valor para a sua empresa.

Ficou curioso? Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura e tire suas dúvidas!

Por que não existe um perfil ideal de profissional

Não existem duas empresas iguais, mesmo que atuem no mesmo ramo e que ofereçam serviços muito parecidos para a sociedade. Isso porque a cultura de cada organização é muito peculiar, o que influencia diretamente no perfil do profissional que mais combina com aquela empresa.

Porém, não é só por isso que não existe um perfil ideal de profissional. Dentro de uma mesma empresa, os cargos e as atribuições de cada colaborador também são muito peculiares.

Ou seja, enquanto em alguns setores as pessoas trabalham com tarefas mais burocráticas e repetitivas, existem outros que exigem muita criatividade e inovação do colaborador para resolver novos problemas, que surgem a todo momento.

Portanto, o perfil do colaborador ideal para a sua empresa depende diretamente da cultura da organização, assim como das atribuições do cargo que ele ocupa. Isso significa que não existe um perfil ideal universal, mas sim perfis ideais variáveis, que se adéquam às necessidades da sua empresa em um determinado momento.

O que levar em conta na busca por um talento

Mesmo que não exista um perfil ideal de profissional adequado para todas as empresas e todos os cargos, ainda existe o perfil desejado para um determinado momento da empresa. Assim, na hora de buscar um talento, é preciso levar em conta alguns elementos para determinar o perfil ideal para o cargo específico que deve ser preenchido. Entenda agora alguns deles.

As tarefas a serem realizadas

É preciso que você entenda muito bem cada um dos cargos da sua empresa para determinar qual profissional se encaixa melhor nas tarefas a serem realizadas no dia a dia. Isso porque a motivação e engajamento do colaborador no trabalho depende diretamente do nível de identificação que ele estabelece com as atividades que realiza.

O fit cultural do colaborador

Quer você saiba ou não, a sua empresa possui uma cultura específica. Ela influencia o comportamento que cada um dos seus colaboradores têm dentro da empresa e o nível de satisfação de cada um com a organização como um todo. Portanto, garantir o fit cultural do profissional – ou seja, a adequação do perfil à cultura da sua empresa – é fundamental para determinar um perfil ideal do profissional para cada vaga.

Os objetivos e as metas da empresa

Sua empresa também tem objetivos e metas a curto, médio e longo prazo. Pode ser que você esteja em um momento no qual investe mais em inovação, necessitando profissionais criativos dentro do negócio. Ou talvez esteja reestruturando algumas atividades e seja importante ter uma equipe com profissionais com mais experiência para auxiliar nessas tarefas.

Portanto, o perfil ideal de profissional depende dos seus objetivos a curto, médio e longo prazo, de forma que os colaboradores agreguem valor ao negócio, facilitando o alcance das metas estipuladas.

Apesar de não existir um perfil ideal de profissional universal, existem traços que podem ser mais adequados a um determinado momento da sua empresa. Nesse aspecto, contar com uma ferramenta tecnológica que auxilie no mapeamento dos cargos e das competências comportamentais dos colaboradores pode ajudar – e muito – a criar o perfil de funcionário perfeito para o seu negócio.

Quer saber mais sobre o assunto? Descubra como lidar com o perfil desbravador, por exemplo.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário: