Sem pessoas uma organização é apenas uma entidade abstrata. Logo, pode-se concluir que as pessoas dão vida ao negócio, o fazem prosperar e lucrar. Com talentos de alta performance a situação é ainda melhor e não há objetivos impossíveis.

Mas, afinal de contas, o que é talento de alta performance? É um profissional que, além de entregar grandes resultados, compromete-se com os valores e a cultura da empresa. Não se acomoda e sabe que, por melhores que sejam os atuais resultados, poderiam ser ainda melhores.

Nós reunimos 5 dicas para desenvolver profissionais realmente talentosos em sua empresa. Assim, poderá obter ótimos resultados. Continue com a leitura!

1. Alinhe as atividades ao perfil comportamental do talento

Cada profissional se comporta de maneira singular diante das situações, e isso não é novidade. Mas talvez ainda não tenha percebido que alguém só consegue atuar com alta performance em atividades que estejam adequadas ao seu perfil comportamental.

Gente com perfil influenciador trabalha bem em equipe. Gente com perfil dominante não pode viver para sempre à sombra da liderança. Portanto, você precisa conhecer o perfil comportamental dos subordinados com base na metodologia DISC.

2. Recrute talentos de alta performance

Mesmo involuntariamente, você acaba se tornando a média do grupo no qual está inserido. Em uma equipe medíocre, é muito difícil atuar com bom desempenho. Já em uma equipe de alta performance, é difícil ver alguém com atuação medíocre.

Portanto, preze pela contratação de talentos de alta performance. Eles serão cruciais para arquitetar equipes fora da curva, que se comprometem com grandes resultados e contribuem para o desenvolvimento dos seus próprios membros.

3. Invista na aprendizagem organizacional

Ótimos profissionais são, acima de tudo, competentes no que fazem. Infelizmente, muitos gestores só enxergam os treinamentos tradicionais como fonte de aprendizagem, o que não é verdade. Hoje, existem muitas maneiras de desenvolver os talentos.

Benchmarking da concorrência, jogos em grupo, aplicações práticas e os próprios erros. São diversas as fontes de aprendizagem, basta estimular o talento a aprender sempre. De cada situação, mesmo as indesejadas, é possível extrair lições e crescer na firma.

4. Ofereça feedback pertinente ao crescimento

Muitos gestores têm medo de dar feedback aos seus subordinados. O que não sabem, no entanto, é que estão impedindo o aprimoramento dos talentos.

O feedback é uma importante fonte para o autoconhecimento. É possível identificar pontos fortes e fracos (cegos ao próprio talento) e corrigi-los. Assim, a alta performance fica mais perto.

5. Estabeleça objetivos desafiadores para o futuro

Objetivos desafiadores são capazes de estimular a produtividade dos profissionais, portanto, também impactam na alta performance. Quando os talentos entendem os resultados desejados e têm o devido suporte, conseguem fazer um ótimo trabalho.

Todavia, é preciso ter atenção ao tema. Há uma linha tênue entre o objetivo desafiador e o objetivo impossível. Se o primeiro é capaz de estimular, o segundo o desestimula.

Enfim, essas são as 5 principais práticas para desenvolver talentos de alta performance na empresa. Então não deixe de contratar talentos, investir na aprendizagem organizacional, alinhar as atividades ao perfil comportamental, gerar bons feedbacks e estabelecer objetivos desafiadores para o futuro.

Gostou do nosso artigo e quer continuar aprendendo conosco? Então, aproveite para descobrir qual é a matemática do talento.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Como encontrar o melhor candidato para sua vaga | Ebook GrátisPowered by Rock Convert