Saber como administrar conflitos na equipe é uma das tarefas mais desafiadoras da gestão de pessoas. O objetivo é chegar a um acordo no qual ambas as partes conflitantes sintam-se satisfeitas e representadas pela empresa.

Para isso, é fundamental colocar em prática algumas dicas de gestão de conflitos: buscar um senso comum para trabalhar, escutar as partes envolvidas, definir um prazo para resolução, entre outras. São dicas de ouro que podem fazer toda a diferença.

Pensando nisso, elaboramos um guia especialmente para você. Continue a leitura para aprender como administrar conflitos na equipe com eficiência. Confira!

1. Busque um senso comum para trabalhar

Considere sempre que as partes envolvidas no conflito pensam de maneiras diferentes: elas têm percepções distintas do problema, bem como expectativas e objetivos. Diante dessas situações, procure um senso comum.

Reflita sobre os interesses similares entre os envolvidos e use isso a favor da negociação. Nesse momento, busque alternativas inovadoras e recursos criativos.

2. Utilize o “nós”

Para solucionar um conflito, todos devem estar realmente comprometidos – incluindo o profissional de recursos humanos. Por esse motivo, é importante usar a primeira pessoa do plural (nós) em cada frase. Por exemplo: “nós precisamos encontrar uma saída”. Essa atitude demonstra que a solução depende de um trabalho conjunto, isto é, colaborativo.

3. Estimule o diálogo entre as partes conflitantes

A maioria dos conflitos dentro de uma empresa acontece por falta de diálogo. Isso porque, sem uma comunicação adequada, as chances de conversas paralelas aumentam – o que pode dar início aos conflitos.

Nessas situações, investir no diálogo é a melhor maneira de fazer os envolvidos chegarem a um acordo. Para evitar que os ânimos se elevem e o conflito fique ainda pior, é essencial haver um facilitador desse diálogo.

4. Estabeleça um prazo para a resolução

É comum que todas as atividades da empresa tenham um prazo previamente definido, então, por que não fazer isso com a administração de conflitos? Ao estabelecer um prazo, além de demonstrar objetividade, você estará lançando uma pressão positiva para o fim do conflito e evitando que se perca muito tempo com negociações.

5. Extraia lições positivas para o amadurecimento

Você não deve enxergar os conflitos apenas por um prisma negativo. Lembre-se de que eles também são importantes para o amadurecimento dos profissionais e da empresa de um modo geral.

Os conflitos, por exemplo, estimulam o debate de ideias na empresa e contribuem para que novas práticas sejam adotadas. Por essa razão, procure extrair lições positivas para otimizar a gestão de pessoas e evitar o mesmo problema no futuro.

Para manter um bom clima de trabalho e o alinhamento dos funcionários, é fundamental saber como administrar conflitos na equipe de forma rápida e eficaz. Você também estará garantindo que o problema não se agrave mais adiante. Assim, toda a empresa sairá ganhando.

Gostou do conteúdo? Você já segue alguma dessas dicas de ouro na sua empresa? Aproveite para nos seguir nas redes sociais (Facebook, LinkedIn, YouTube) e ficar sempre por dentro das nossas novidades!

Compartilhe com seus amigos:

Deixe seu comentário: