As empresas precisam de funcionários engajados, qualificados e experientes para exercer o seu trabalho com sucesso. Dessa maneira, o processo de recrutamento e seleção precisa ser cada vez mais inovador: a implementação da gamificação no processo seletivo é uma das alternativas.

A gamificação consiste em utilizar jogos que proponham o estímulo de passar de fase ou, nesse caso, conseguir o emprego. É um método lúdico que existe desde 1970, contudo, tornou-se popular a partir de 2010.

Quer aprender como implementar a gamificação? Confira!

Quais as vantagens de aplicar a gamificação no processo seletivo?

Como vimos, a gamificação é uma alternativa criativa para conquistar o talento ideal para a sua empresa. Precisamos compreender que o perfil do funcionário mudou: antes, ele queria apenas um salário ao final do mês (não importava o seu serviço); atualmente, ele quer felicidade, satisfação e valorização profissional.

Por isso, implementar a gamificação traz diversas vantagens. Veja algumas delas:

  • torna o processo de RH mais divertido, dinâmico e certeiro;
  • estimula a criatividade dos funcionários;
  • proporciona uma boa reputação para a empresa;
  • mais rapidez no processo de recrutamento e seleção;
  • atrai talentos mais criativos e dinâmicos;
  • mais espontaneidade no processo.

Como colocar a gamificação em prática?

Realize gincanas virtuais

Contrate um software que possibilite realizar gincanas virtuais. Você pode propor situações do cotidiano da empresa como uma simulação de jogo, para avaliar como o funcionário se comporta.

As gincanas virtuais possibilitam conferir como a pessoa lida com o trabalho em equipe, prazos, entendimento e interpretação das tarefas e criatividade.

Faça jogos para testar as suas habilidades

Faça uma apresentação institucional da empresa e promova jogos para avaliar como a pessoa lida com a política interna, se está alinhada com os seus valores, visão e missão de vida. Assim, você identifica se ela se enquadra com a cultura organizacional.

Você também pode simular a rotina do seu trabalho, para avaliar os seus conhecimentos técnicos e a sua competência para solucionar os problemas diários.

Invista nas competições para descoberta de novos talentos

Organize o processo seletivo com mais de uma pessoa e informe a pontuação para todos. Mostre que eles estão concorrendo, de uma maneira criativa e diferente, para determinada vaga, que precisam se empenhar para passar na frente do colega e para provar que são bons jogadores.

Isso não significa que quem ganhou o jogo vai conseguir a vaga. Significa apenas que a empresa consegue avaliar melhor as qualidades, competências, criatividade e trabalho em equipe do funcionário – os jogos simulam a realidade da empresa.

Como é possível implementar essa cultura de jogos em uma empresa?

Os jogos são importantes não somente no processo seletivo de uma empresa. Muitas organizações os implementam para despertar o interesse dos funcionários em se engajar com a marca.

Algumas delas promovem uma sala de jogos, em que os funcionários podem se distrair em seus momentos de folga ou usam o entretenimento para promover uma competição saudável entre a equipe, durante o horário de expediente.

Para isso, o primeiro passo é traçar um planejamento estratégico, respondendo a seguinte pergunta: por que eu preciso implementar a gamificação? Na sequência, é só investir no software ideal que alcance os objetivos esperados.

A gamificação no processo seletivo é uma tendência no cenário mercadológico que está fazendo sucesso. É uma maneira divertida, criativa e eficaz para conhecer melhor os candidatos e ter a certeza sobre suas qualidades e personalidade.

Neste post, você aprendeu um pouco mais sobre como implementar a gamificação no processo seletivo. Você gostou? Então, temos a certeza que vai gostar também de ler sobre como reduzir os custos do processo de seleção. Boa leitura!

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário:

Como encontrar o melhor candidato para sua vaga | Ebook GrátisPowered by Rock Convert