Guia Completo Metodologia DISC

No meio da turbulência da passagem da adolescência para o início da vida adulta, é preciso tomar uma decisão importante: qual será a sua carreira. Nesta etapa da vida, o jovem faz uma importante escolha que vai trazer um grande impacto para o seu futuro. Escolher a profissão certa não é uma tarefa fácil, mas existem alguns detalhes que podem auxiliar nessa hora.

Ter o apoio dos pais é fundamental para que você tenha a segurança e a confiança de fazer sua escolha baseada em seus conhecimentos, comportamentos e habilidades. Optar por uma carreira que vá agradar os outros, mas que não trará felicidade a você é começar errado.

Por isso, é importante contar não apenas com a família, mas também se encher de informações e dados para embasar bem a sua decisão. Existem muitas ações que você pode tomar e ferramentas para ajudar a sanar suas dúvidas sobre qual profissão escolher. Vamos conhecer algumas?

1. Conheça seu talento

Quando você se conhece melhor e sabe quais pontos devem ser melhorados, consegue direcionar a carreira de forma mais eficaz.

Ao utilizar ferramentas como o MyEtalent, é possível correlacionar o seu perfil comportamental com o do cargo no qual atua ou pretende atuar, ver as características que devem ser desenvolvidas e então criar um Plano de Desenvolvimento Comportamental (PDC) determinando ações a serem executadas para alcançar a alta performance.

2. Converse com profissionais

Procure conhecer um pouco mais sobre o mercado de trabalho e sobre a rotina diária de pessoas que já exercem a profissão que você está pensando em escolher.

Ter uma visão romantizada da profissão pode atrapalhar na hora de encarar os desafios do emprego. Por isso, conversar com profissionais vai adequar suas expectativas à realidade.

3. Procure orientação profissional

Não há problema algum em procurar uma orientação profissional. Os especialistas neste segmento e os profissionais de coaching podem ajudá-lo a encontrar o caminho certo e jogar uma luz sobre seus questionamentos e anseios.

Eles vão avaliar não apenas suas respostas, mas também seu comportamento, sua postura e farão com que você preste atenção em detalhes que antes passavam despercebidos.

4. Visite feiras de profissões

É comum ver instituições de ensino superior promovendo grandes feiras de profissões. Esses eventos são uma ótima oportunidade para conhecer de perto não apenas a profissão que você pensa em escolher, mas também ocupações que você nunca teve contato. Conhecer novos ofícios pode abrir sua perspectiva e aumentar seu leque de opções.

Viu como escolher uma profissão não precisa ser um bicho de sete cabeças? Tenha em mente que, por mais que seja um plano de vida, é normal ter dúvidas e não existe uma proibição caso queira mudar o percurso no meio do trajeto.

Muitos profissionais recomeçam carreiras após anos na mesma profissão. Optar por uma carreira não é assinar um contrato vitalício.

Seguir todas essas dicas vai fazer com que sua decisão seja tomada com embasamento e conhecimento. Se após analisar todas as suas opções você se sentir pronto para escolher, tome sua decisão. Se precisar de mais informações, continue sua busca!

Um último conselho: lembre-se que essa decisão é sua. Envolver a família é importante, mas não deixe ninguém escolher uma profissão por você e alinhada ao seu comportamento.

Gostou deste artigo? Então siga nossos perfis nas redes sociais e tenha sempre acesso a conteúdos como este! Estamos no Facebook, LinkedIn, Twitter, Instagram e YouTube!

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário: