As empresas que mais crescem no mercado hoje são as que veem o Capital Humano como o bem mais valioso, ou seja, são aquelas que aprenderam a repensar o valor que o indivíduo pode trazer para a empresa ao longo do tempo.

Portanto, não se trata apenas de focar na pessoa certa, mas de valorizá-la da maneira mais adequada e produtiva. É neste ponto que ouvimos falar em assessment. 

Neste artigo, vamos discutir como esta ferramenta é aplicada e quais são os benefícios de um bom assessment, além de explorar a análise de perfil comportamental pelo viés da matriz 9Box:

 

O que é assessment? 

Assessment é um tipo mais completo de avaliação de desempenho, usado para identificar e cultivar talentos. Esta avaliação ajuda a colocar os melhores colaboradores em posições-chave.

A relação entre a correta gestão de talentos e cargos bem definidos pode não ser clara e fácil de identificar. Desta maneira, o assessment ajuda a delinear parâmetros, de modo a elaborar avaliações com maior transparência e conhecimento profundo dos colaboradores.

Usado como uma estratégia de negócio, o assessment vê o Capital Humano como elemento primordial para melhorar o desempenho de toda a estrutura organizacional. 

 

Para que serve o assessment?

As necessidades dentro de uma empresa são elásticas: uma certa demanda pode existir hoje e desaparecer completamente no futuro. O mesmo acontece com a adequação de talentos aos cargos. 

Com o assessment, a empresa consegue incorporar reajustes de forma natural e eficaz. A compreensão dos cargos e perfis ajuda a ativar as medidas corretivas necessárias, criando equipes saudáveis. 

Uma avaliação de desempenho bem elaborada pode ajudar a identificar características-chave que a empresa determina para os cargos a serem preenchidos, e garantir que o talento escolhido terá o maior potencial para aquele cargo. 

Assim, o assessment ajuda a estimular os talentos, retê-los e fazê-los crescer da maneira esperada. 

Existem varias abordagens de assessment. As mais comuns desmembram-se nas seguintes categorias:

  • Assessment pessoal: avalia como melhor alocar pessoas em equipes a partir de suas características pessoais. 
  • Assessment cultural: avalia as motivações e ambições das pessoas frente aos objetivos da empresa. 
  • Assessment de desempenho: avalia os ganchos que geram produtividade e resultados. Em contrapartida, este tipo de assessment desconsidera as características pessoais de cada colaborador. 
  • Coaching assessment: vê um diagnóstico de perfil para desenvolvimento de pessoas através de seus pontos fortes e fracos. Esta abordagem aprofunda a avaliação para gerar mudanças. 

 

Benefícios do assessment

1. Conhecer profundamente cada um dos colaboradores

Um processo de avaliação de performance eficaz funciona como uma ferramenta motivacional e de autoconhecimento. O assessment não é simplesmente um processo de avaliação. 

 

2. Alavancar pessoas 

Com um sistema de avaliação de desempenho bem realizado, os funcionários alcançam todo o seu potencial, entendem suas âncoras de carreira e são capazes de melhorar seu desempenho de acordo com os objetivos da equipe e da organização. 

 

3. Processos bem desenvolvidos

A identificação e a valorização  dos melhores talentos inevitavelmente melhoram o desempenho da própria empresa. Funcionários com alto nível de autoconhecimento têm mais autonomia, tornam-se mais responsáveis ​​e engajados e, naturalmente, começam a oferecer soluções inovadoras para superar os desafios que surgem.

 

É importante ressaltar que introduzir métodos de avaliação de desempenho e conduzi-los com eficácia não é tarefa simples. Gestores devem ter habilidades comportamentais e de liderança para gerenciar este processo de forma objetiva e solidária. 

 

Comece a desenvolver os talentos da sua organização hoje!

 

Como fazer uma boa avaliação de desempenho?

Quando uma empresa não utiliza a avaliação de desempenho a fundo, é comum que se desconsidere o nível organizacional em que um indivíduo está atualmente, focando exclusivamente em como ele irá se comportar em posições futuras. 

Na verdade, uma excelente avaliação de desempenho deve considerar as competências, influência, habilidades, comportamentos e atitudes, e agilidade de aprendizagem das pessoas exatamente onde elas estão, sem rotulagens. A ânsia de promover um funcionário responsável pode camuflar a perda de alguém essencial a uma certa engrenagem: é preciso ponderar todos os aspectos.

Os cursos ETALENT cobrem todos os tópicos necessários, desde treinamento de liderança até ferramentas de RH e  autoconhecimento, em níveis pessoal e de equipes. Aqui estão alguns dos aspectos abordados:  

O Assessment Center ETALENT  é ideal para empresas com líderes, equipes e indivíduos em fase de desenvolvimento. Abaixo, estão algumas das maneiras como podemos ajudar a elaborar um assessment completo: 

    • Para cada cargo avaliado, define-se um mapa de expectativas e indicadores. 
    • O perfil DISC é utilizado para traçar potenciais e motivações. 
    • A compatibilidade individual/conjunto é estudada por RH, líderes e especialistas ETALENT.
    • A nova arquitetura é lançada sobre todos os colaboradores, permitindo uma visão clara e eficaz sobre processos e pessoas que podem ser otimizados ou que requerem apoio para alavancarem. 

 

Conheça o Assessment Center ETALENT!

 

Tipos de avaliação de desempenho

Existem muitos métodos de avaliação de desempenho. Idealmente, o método escolhido deve estar alinhado com a cultura, os valores e as aspirações da organização. 

A avaliação de desempenho refere-se às atividades que ajudam os funcionários a entenderem o que se espera deles, definirem e alcançarem suas metas e terem o melhor desempenho. Exemplos de avaliação de desempenho: 

 

Avaliação 90º

Esta é a forma mais básica de avaliação. O líder avalia um funcionário indicando pontos fortes e fracos. A avaliação é vertical e não há autoavaliação. 

Uma avaliação 90º conduzida de forma eficaz leva ao aumento da motivação dos funcionários e à maior produtividade, criando uma cultura positiva, melhorando o desempenho geral e a eficácia de uma organização. 

 

Avaliação 180º

Um processo de avaliação de 180º envolve o preenchimento de um formulário de autoavaliação. Nela, liderados podem vir a participar também. O colaborador avalia a si mesmo e a autoavaliação é, então, discutida com o avaliador. 

Esta clareza ajuda a garantir que líder e liderados estejam na mesma página. A comparação entre as considerações do avaliador e do avaliado gera um feedback valioso.

 

Avaliação 360º

Uma avaliação de 360º aborda a percepção de várias pontas em relação ao profissional. 

Um questionário é preenchido com feedbacks do líder, dos seus colegas e, às vezes, até de fornecedores e clientes. O nível dos questionários pode variar entre simples, mediano e complexo. 

A avaliação de 360º é considerada uma das mais completas, uma vez que todos envolvidos na rotina de trabalho de um colaborador são convidados a participar do processo.

 

Avaliação de desempenho por competências

Aqui, a avaliação é focada nas aptidões de um colaborador: suas habilidades formais, experiência, comportamento empresarial e social, como ele gerencia pessoas e projetos e, por fim, suas competências essenciais à natureza do negócio para o qual trabalha. 

 

Conheça os diferentes relatórios comportamentais da ETALENT!

 

Método 9Box em colaboração com perfil comportamental

O 9Box é uma das ferramentas mais utilizadas no desenvolvimento de lideranças e no planejamento de sucessão. Este pode ser um instrumento valioso para quem trabalha na gestão de talentos ou para avaliar e destacar uma equipe ou pessoa.

A grade 9Box é usada para avaliar indivíduos nas dimensões de desempenho passado em relação a seu potencial futuro. Estes “eixos” formam uma matriz didática, que engloba âncoras motivacionais, grau de adequação, learning agility e gestão de negócios e pessoas. 

Embora um líder individual possa usar a matriz 9Box para avaliar seus liderados, ela tem valor real quando uma equipe de liderança a usa como parte de um traçado de perfis comportamentais para discutir todo o potencial coletivo da organização.

Quando combinada ao perfil comportamental, a matriz 9Box faz maravilhas para o sucesso das organizações em longo prazo. Isso ocorre porque a avaliação por si só não pode garantir que o profissional permanecerá fiel à organização. 

Quando a matriz 9Box é atrelada a perfis comportamentais, há preocupação em calibrar posições na grade de maneira transparente, organizada e pré-definida. Desta maneira, a margem de erro em recolocações diminui consideravelmente.

A 9Box fornece consistência na avaliação. Os colaboradores podem ser analisados de forma justa, em um local centralizado e usado em conjunto com a matriz de valores de desempenho baseada em perfis comportamentais.

 

Quer saber mais sobre o Assessment Center ETALENT?

Fale com um Consultor ETALENT