Guia Completo Metodologia DISC

O mercado de trabalho é um universo dinâmico. Ele se reinventa e apresenta novas formas de trabalho à medida que novos conceitos são estudados e tecnologias mais promissoras são desenvolvidas. Chamamos de RH do futuro o departamento que está empenhado em acompanhar essa evolução do corporativismo.

A realidade incontestável é que o capital humano deve ser visto e valorizado como peça fundamental para que a empresa alcance resultados positivos e cumpra as metas estabelecidas. Por isso, especialistas trabalham na criação de ferramentas para que os processos de contratação sejam cada vez mais eficientes.

Acompanhe a leitura e descubra, agora mesmo, 5 dessas novas vertentes para você ter uma gestão de pessoas eficiente!

Como aplicar 5 tendências do RH do futuro

1. Desenvolva o RH do futuro com o mapeamento do perfil comportamental

Um dos maiores desperdícios do RH de uma empresa está concentrado nas contratações equivocadas.

O capital humano é um importante elemento para os resultados positivos da empresa. Mas optar por um candidato que não esteja perfeitamente alinhado ao perfil da organização traz custos desnecessários, com demissões e processos seletivos repetitivos.

O RH do futuro concentra-se em utilizar as técnicas de mapeamento do perfil comportamental, que une seus esforços em revelar os comportamentos mais adequados, a capacidade de liderança, o trabalho em equipe e a resiliência dos candidatos.

2. Implante o Big Data

As ferramentas de Big Data são uma tecnologia voltada para a coleta e análise de um grande volume de dados e estão entre as tendências para o RH do futuro.

Originado por diversas fontes, o Big Data utiliza matemática e conceitos estatísticos para dar respostas sólidas e prever cenários com mais segurança, o que o torna fundamental para os processos de tomada de decisão na companhia.

3.Use nas redes sociais

Não há dúvidas quanto à presença das redes sociais na vida dos indivíduos. A força desses modelos de mídia é tão grande que hoje existem plataformas com objetivos próprios, incluindo o mundo dos negócios.

O LinkedIn é amplamente utilizado pelos departamentos de Recursos Humanos de várias empresas tanto na publicação de notícias sobre o segmento de atuação quanto de vagas. Consequentemente, diversos candidatos mostram o seu potencial e buscam por novas oportunidades.

4. Invista em inteligência emocional

Saber lidar com as próprias emoções vêm sendo uma característica muito apreciada pelos gestores.

Isso porque o mercado já percebeu que indivíduos emocionalmente equilibrados apresentam maior produtividade, bom relacionamento interpessoal, ajudam a melhorar o clima organizacional e são comprometidos com o seu trabalho.

Desse modo, empresas que valorizam essa característica têm investido em treinamentos e estímulos para desenvolver a inteligência emocional dos seus colaboradores.

5. Destaque os profissionais com capacidade de liderança

Já faz algum tempo que o mundo corporativo não está mais preocupado em formar chefes, e sim líderes. Por isso, a palavra liderança tem presença constante em tudo o que envolve o estudo de novas tendências para o mercado.

Não podemos negar que existam líderes natos e as suas características podem ser identificadas por meio das ferramentas já citadas aqui, como o mapeamento do perfil comportamental.

Contudo, o RH do futuro assume uma atitude diante desses indivíduos. Não basta fazer a contratação, é preciso desenvolver, treinar e condicionar as equipes e os seus gestores para que inspirem seus colaboradores pela capacidade de liderança e cresçam junto à empresa.

A importância de desenvolver o RH estratégico

As mudanças econômicas e mercadológicas têm proporcionado alterações no setor de recursos humanos. Isso porque os trabalhadores deixaram de ser vistos como executores de atividades para se tornarem profissionais criativos, proativos e inovadores, que auxiliam no crescimento da empresa.

Dessa forma, o RH deve participar das decisões estratégicas organizacionais para que haja o aperfeiçoamento dos processos de recrutamento e seleção de candidatos. 

Assim, é possível visar contratações assertivas para formar times qualificados e engajados, com a retenção de talentos que se identificam com a cultura organizacional da empresa.

O RH estratégico conhece o perfil de cada membro da equipe, suas habilidades, ambições e preferências. Desse modo, torna-se mais simples criar um plano de desenvolvimento pessoal, conforme a necessidade da organização.

Os benefícios do RH estratégico

As pessoas são uns dos bens preciosos para uma empresa. Por consequência, o RH deve desenvolver esses profissionais de acordo com suas diretrizes para o seu crescimento. Conheça os seus benefícios a seguir.

Possibilita que a empresa apresente melhores resultados

Obter uma visão sistêmica do negócio permite que se encontre o caminho para o crescimento, gerindo ações multi gerenciais. Se precisar, faça o remanejamento de profissionais segundo suas competências para outra área onde terão melhor desenvolvimento.

O RH não cuida somente de admissão, treinamento e desligamento de colaboradores. Ele assume outras funções, alinhado às necessidades do negócio.

Incentiva os funcionários a apresentarem propostas inovadoras que permitem que a empresa se destaque frente à concorrência. Por meio do RH que se pode identificar os pontos fracos e fortes da gestão.

Otimiza o trabalho

Proporcionar uma gestão de informações para que as tomadas de decisões sejam feitas baseadas em relatórios personalizados. Por exemplo, em uma crise onde funcionários deverão ser demitidos, quanto mais dados houver sobre a empresa e o desempenho dos funcionários, a decisão será mais facilitada.

Aumenta o engajamento da equipe

Com o RH estratégico fazendo uma seleção correta, contratará profissionais com as competências solicitadas, pois as avaliações serão direcionadas ao desempenho esperado pela contratante. Assim, haverá um time de alta performance engajado, contribuindo para a melhoria do trabalho.

Funcionários engajados quase não faltam ao trabalho, adoecem menos e trabalham em prol da produtividade. Esses fatores geram economia e o RH pode desenvolver políticas de qualidade de vida e bem-estar aos profissionais. Além de criar incentivo ao aprendizado e planos de meritocracia para que alcance os objetivos esperados.

Implanta novas tecnologias e soluções

O RH também deve ser um setor automatizado, com softwares específicos da área que permitiram mudanças e inovações em sua gestão.

É preciso também criar ferramentas tecnológicas para realizar treinamentos e desenvolvimentos dos colaboradores, como business game (jogos de negócios), e-learning (aprendizado virtual), blended learning (treinamentos virtuais e presenciais) visando o conhecimento dos talentos.

Se você deseja implementar o RH do futuro na sua empresa, saiba que o mercado já dispõe de softwares comportamentais que representam um avanço em relação à utilização de dados e comportamento para auxiliar no processo de recrutamento e seleção.

Este artigo trouxe informações sobre como a empresa pode crescer olhando seus colaboradores como parceiros de ideias inovadoras.

Por isso, ver a área de Recursos Humanos como grande parceiro é essencial para implantar o RH do futuro, trazendo muitos benefícios.

Se você gostou deste post, aproveite para compartilhar com outras pessoas para que haja uma mudança de paradigma no desenvolvimento profissional das pessoas dentro das empresas.

Conheça também a Plataforma Etalent Pro, uma plataforma moderna e intuitiva utilizada por mais de 2.500 empresas.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário: