Guia Completo Metodologia DISC

O setor de RH é responsável por uma série de atividades dentro da empresa, todas relacionadas aos colaboradores. Ele precisa encontrar os melhores profissionais do mercado, planejar a capacitação do time, monitorar os resultados dos colaboradores, entre outras demandas essenciais para o sucesso do negócio. É aí que entram os subsistemas de RH.

Eles são uma forma de organizar todas essas atividades em algumas áreas específicas, agrupando-as segundo os objetivos de cada uma. Quando eles funcionam de maneira integrada e eficiente, permitem que a empresa cresça e se desenvolva como um todo.

Quer saber quais são os subsistemas de RH e as funções de cada um deles? Então continue a leitura e descubra.

1. Provisão de recursos humanos

A provisão de recursos humanos é o subsistema responsável por encontrar e trazer para a empresa os melhores talentos do mercado.

Dessa forma, suas funções são a de planejar o processo de recrutamento e seleção, definindo as melhores estratégias de acordo com as necessidades do negócio para colocá-lo em prática e trazer novos colaboradores para o negócio.

2. Aplicação de pessoas

Já o subsistema de aplicação de pessoas é responsável por alocar os colaboradores em seus cargos e funções. Em primeiro lugar, é essa área que define quais são as atribuições e salários de cada um dos cargos.

Além disso, esse subsistema é o responsável pela integração dos novos colaboradores ao time, realizando os treinamentos iniciais com o profissional e possibilitando o contato com os colegas de trabalho.

3. Manutenção de pessoas

O setor de RH também busca formas de manter os talentos dentro da empresa. É para isso que existe esse subsistema. Ele é responsável pela pesquisa de clima e satisfação do time, além de monitorar a motivação e engajamento dos profissionais.

Também é quem analisa o índice de rotatividade e implementa ações para reduzi-lo.

4. Desenvolvimento de pessoas

O desenvolvimento constante dos colaboradores é essencial para que eles gerem melhores resultados para o negócio.

Portanto, esse subsistema é o responsável por identificar as competências que devem ser desenvolvidas para a realização de cada uma das atividades dos profissionais e buscar pelas melhores formas de capacitação da equipe.

5. Monitoramento de pessoas

Por fim, o monitoramento de pessoas é o subsistema que tem o objetivo de manter toda a documentação referente ao time dos colaboradores em ordem. Para isso, monitora os contratos de trabalho e documentos tanto de quem está quanto de quem já passou pela empresa. Também é possível avaliar os resultados dos colaboradores, aplicando avaliação de desempenho e analisando os resultados.

Os subsistemas de recursos humanos são capazes de proporcionar bons resultados ao setor. Nesse aspecto, o gestor tem um papel central na hora de colocá-los em prática e monitorar os resultados de cada um deles, gerando cada vez mais valor para a empresa como um todo.

Dessa forma, é possível impactar positivamente toda a organização, permitindo que ela se destaque perante o mercado e cresça a cada dia.

Este post foi útil? Quer aprender ainda mais e melhor seus resultados? Então leia nosso outro artigo e confira os 6 comportamentos que todo gestor de RH precisa ter.

Compartilhe com seus amigos:


Deixe seu comentário: